Início

 

O curso de Mestrado em Física da Universidade Federal do Rio Grande é um programa que conta atualmente com 13 pesquisadores que desenvolvem atividades de pesquisas nas áreas de Astrofísica, Física da Matéria Condensada, Física Nuclear, Relatividade Geral, Gravitação e Física de Partículas. Os pesquisadores mantém colaboração com pesquisadores de outras instituições nacionais e internacionais. Possui uma moderna infra-estrutura computacional constituída por laboratórios de informática, salas de permanência interligadas em rede e salas de aulas equipadas com multimídia.


O curso objetiva o aperfeiçoamento científico e profissional de egressos dos cursos de Física e áreas afins, para atuarem nas diferentes áreas da Física e de áreas que se inter-relacionam com a Física. Procura formar um profissional com habilidades de aprendizagem contínua, de geração de novos conhecimentos e de transmissão desses novos conhecimentos ao maior número de indivíduos de diferentes níveis de formação.

A formação baseia-se em dois pilares. Sólidos conhecimentos em física básica obtidos nas disciplinas do curso e na valorização das atividades de pesquisa.

A pós-graduação incentiva a participação de seus alunos de mestrado em eventos tanto nacionais Brasil como no exterior. Há para tal verbas que permitem a cobertura integral das despesas.

No sítio da pós-graduação da física você poderá encontrar encontrar as informações necessárias para poder se candidatar, assim como tudo relacionado à pesquisa e os possíveis orientadores.


 

FURG

 

Universidade Federal do Rio Grande

Instituto de Matemática, Estatística e Física

 

Mestrado em Física

Processo Seletivo 2017/1o. semestre (Edital de Seleção 01/2017)

 

INSCRIÇÕES HOMOLOGADAS

 

  1. Geferson Lucatelli

  2. Vanessa Sobrosa Souza

  3. Walas da Silva Oliveira

  4. Augusto César Calígula do Espírito Santo Pedreira

  5. Pedro Henrique Fernandes Lobo

  6. Jean Marcel de Almeida Espinoza

  7. Laura Neves do Amaral

 

INSCRIÇÕES NÃO HOMOLOGADAS

 

  1. Júlio Emanuel Fernandes Silva (Motivo: ausência de cartas de recomendação)

  2. Luís Henrique Lucas Ferreira (Motivo: ausência de projeto de pesquisa)